Complementaridade perfeita

A complementaridade perfeita entre os dois produtos (produtos) ou entre dois elementos (entrada) é a utilização de um coeficiente fixo da mesma. Os dois produtos ou dois factores são utilizados numa certa proporção. Por exemplo, para alcançar uma motocicleta requer dois pneus e um guiador. Na função de produção das duas entradas (guiador pneus e) são utilizados numa proporção de 2:1. Esta função é chamada de função de produção de coeficientes fixos. O rácio de utilização de entradas podem ser representadas no plano cartesiano através das isoquantas de produção.

No caso dos factores perfeitamente complementares de isoquantas produção são apresentadas como linhas a tracejado em ângulos rectos (isoquanta em ângulo recto). A explicação é muito simples, cada isoquanta é associado com um dado nível de produção. Mesmo com o aumento da utilização de um factor mantendo constante o outro, no caso da função de coeficientes fixos a produção não mudam. Por exemplo, são usados ​​três rodas e um guiador não aumentar o número de motocicletas produzidas. A elasticidade de substituição entre os dois fatores é zero. Em qualquer produção isoquanta a proporção de utilização entre as duas entradas é constante.


Economia

pt.okpedia.com - Okpedia - Contact email: info@okpedia.it - P.IVA - 09286581005 - Privacy Google - Disclaimer